Espírito Santo em Ação

Inovação é discutido em painel promovido pelo ES em Ação


24.05.2018

Como transformar o Espírito Santo na porta de entrada de projetos inovadores foi o tema do painel que o Espírito Santo em Ação promoveu nesta quarta-feira, 23 de maio. O objetivo do encontro foi de promover um espaço de reflexão sobre as dificuldades que impedem o desenvolvimento do Estado e, claro, levantar possíveis soluções.
O tema tratado foi discutido por nomes da área, o diretor de negócios da EDP e diretor de projetos do ES em Ação, João Brito, o fundador da Politize, Diego Calegari, o diretor-executivo no Pecbank Consultoria, Evandro Milet e como mediador o CEO na Projeta Sistemas de Informação, Pedro Henrique Mannato Coutinho.
O painel começou com o diretor-executivo no Pecbank Consultoria, Evandro Milet dando um panorama do que está acontecendo no Estado na área de inovação. "Quatro eixos deveriam ser trabalhados para a inovação no Estado: a divulgação do tema, o financiamento, a infraestrutura e o ambiente.
O fundador da Politize, Diego Calegari, destacou que para construir cidades mais inteligentes é preciso mais que investir em tecnologia. É essencial inovar no planejamento, gerenciamento e financiamento de iniciativas de inovação urbana.
"A criação de um ambiente colaborativo entre empresas multinacionais, empresas start-up e os demais stakeholders urbanos está nas mãos dos governantes públicos locais. Para que isso aconteça, é indispensável que haja um estimulo à criação de um Ecossistema local", completou Diego.
Para o fundador da Politize, este ecossistema cria-se a partir de um mindset diferente. Os atores que geram vida neste ecossistema são a Academia, Governo, Empresas e Sociedade Organizada. "O diálogo entre eles é complexo e frequentemente há desconexão. Os principais recursos para essas organizações sobreviverem são pessoas conhecimento, recursos e mercado. Criando vários tipos de ambientes e dependentes de fatores abióticos para manterem o equilíbrio do ambiente".
"Não basta a ideia, tem que ter a execução. Criando parcerias, perceber o ambiente de mercado, isso faz a diferença. Um ambiente que permita fazer conexões e com isso fazer com que as novas ideias rodem", assim começou a fala do diretor de projetos do ES em Ação, João Brito.
Brito fez alguns questionamentos aos presentes, "Em que que o Espírito Santo vai se diferenciar?  Onde queremos chegar? Quais são os nossos diferenciais, que irão atrair empresas inovadoras? ". Para ele precisamos de estabilidade, e de uma visão de longo prazo. E a visão dele aonde o Estado pode se diferenciar é, no setor de rochas e no agronegócio.
Ao final do painel, os participantes discutiram sobre os questionamentos levantados pelos painelistas, e tiraram dúvidas acerca do tema.


Comentário

  • Nome Completo:
    Email:
    Digite aqui seu Comentário:
    Enviar
Espírito Santo em Ação © Copyright 2009, Espírito Santo em Ação

Av. Fernando Ferrari, 1080, Ed. América Centro Empresarial - Torre Norte - Sala 501, Mata da Praia - Vitória - ES CEP: 29066-380 TEL: (27) 3024-7700

Fivecom