Espírito Santo em Ação

Simpósio de Inteligência coloca segurança pública em pauta


13.11.2017

Segurança pública é uma preocupação nacional. Os integrantes da Rede Capixaba de Inteligência sabem disso e decidiram, então, levar o tema ao XI Simpósio de Inteligência, realizado nos dias 9 e 10 de novembro, no Parque Botânico da Vale, em Vitória. O evento reuniu 130 pessoas, entre generais, coronéis e especialistas no assunto, e a qualidade do público foi bastante elogiada pelo coordenador da Rede Capixaba de Inteligência, coronel José Otávio Gonçalves.
"Tivemos a oportunidade de levar ao público, altamente qualificado, uma das questões que mais está sendo debatida nos cenários nacional e regional. Não tinha como ficarmos fora desse debate", argumentou ele, adiantando que todas as discussões dos dois dias de evento servirão de subsídio para a produção de um documento final que será entregue ao Espírito Santo em Ação, com sugestões de ações para a população capixaba.
O XI Simpósio de Inteligência foi aberto no início da noite de quinta-feira, 9, com o integrante da Rede José Américo Merlo, que falou sobre a criação e os objetivos do grupo. "Nossos objetivos são ampliar o conhecimento e a integração dos membros do sistema de segurança pública e privada, e de inteligência, bem como difundir a atividade da inteligência, sua pertinência, legalidade e utilidade", destacou. 
E o coronel Otávio completou. "Queremos difundir conhecimento, discutir, aprimorar ações. Nossa grande vontade é contribuir com nossos conhecimentos e esforços associativos em benefício da sociedade capixaba".
Além da palestra de abertura, com o coronel de Cavalaria William Koji Kamei, o evento teve outras quatro, com o general da Divisão R/1 e secretário nacional de segurança pública, Carlos Alberto dos Santos Cruz; com os coronéis R/1 EB do Exército Brasileiro Marco Antônio dos Santos e Romeu Antônio Ferreira; e com o professor de Mestrado em Segurança Pública da UVV Henrique Herkenhoff. 
E foi encerrado com o painel Questões de Segurança para o Espírito Santo, do qual participaram o coordenador do Comitê de Segurança Cidadã do Espírito Santo em Ação, o coronel RR PMES Nivaldo Vieira, a subsecretária de Integração Institucional da secretaria de Estado de Segurança Pública, Gracimeri Gaviorno, o comandante do CPO Metropolitano, o coronel PMES Alexandre Offranti Ramalho, a professora adjunta do Departamento de Direito da Ufes, Brunela Vieira Vincenzi, e o gerente do Disque-Denúncia, Paulo Expedito do Amaral Neto.
O coordenador do Comitê de Segurança do movimento empresarial não tem dúvidas. Esta foi uma das melhores edições do simpósio, desde que o mesmo foi lançado, em 2006. Coronel Nivaldo garantiu que todos os temas anteriores foram muito interessantes, mas que o deste ano se diferenciou porque além do Plano Nacional de Segurança Pública estar no contexto local e nacional, o grupo conseguiu fazer uma abordagem bastante completa do assunto.
"A partir do tema proposto, a Rede levou ao simpósio visão do governo federal, de especialistas e fechamos com a visão e opinião de pessoas que integram a segurança pública do Espírito Santo. A proposta do Plano Nacional de Segurança Pública apresentado em 2016 é complexa, precisa ser analisada por vários ângulos e tudo o que discutimos nesses dois dias evidenciou que ainda é necessária uma longa caminhada para que consigamos ter controle da violência e da criminalidade", finalizou. 

Imagens

Comentário

  • Nome Completo:
    Email:
    Digite aqui seu Comentário:
    Enviar
Espírito Santo em Ação © Copyright 2009, Espírito Santo em Ação

Av. Fernando Ferrari, 1080, Ed. América Centro Empresarial - Torre Norte - Sala 501, Mata da Praia - Vitória - ES CEP: 29066-380 TEL: (27) 3024-7700

Fivecom