Espírito Santo em Ação

Noite para apresentar ações do ano e apresentar os novos desafios


20.12.2017

 A diretoria do Espírito Santo em Ação reuniu membros do Conselho Operacional, das empresas mantenedoras e da Rede Empresarial, secretários de governo e o governador, Paulo Hartung, para o jantar de encerramento do ano nesta segunda-feira, 18 de dezembro. O encontro foi realizado no Hotel Golden Tulip, em Vitória, e na ocasião, além de apresentar um resumo da atuação do movimento empresarial nos últimos 12 meses, o diretor-presidente, Aridelmo Teixeira, já adiantou as metas e ações para 2018.
O evento teve, ainda, outros três momentos especiais: a apresentação do novo diretor de Projetos do Espírito Santo em Ação, João Brito Martins, da EDP Escelsa, cargo que inaugura uma nova estrutura organizacional na instituição; a presença do diretor Marcelo Lema e dos alunos Lucas Vieira Gomes de Abreu e Nathan Henrique Fiorio da Costa, todos da escola de tempo integral Escola Viva Pastor Oliveira de Araújo, em Cobilândia, Vila Velha, que falaram um pouco sobre suas experiências neste diferencial modelo de ensino; e uma breve apresentação do presidente da Samarco, Roberto Carvalho, que falou os passos que a empresa está dando para voltar a operar. 
Segundo Carvalho, a Samarco ganhou dia 11 de dezembro licenças prévia e de instalação da cava Alegria Sul, que fica no complexo da empresa em Mariana, em Minas Gerais, e deverá ser usado como novo depósito de rejeitos de minério. Com elas, a companhia pode começar obras de adaptação e ampliação do local. Para voltar a operar, agora, a Samarco só depende da aprovação do Licenciamento Operacional Corretivo e de uma licença de operação da Alegria Sul. O presidente acredita na retomada da operação no segundo semestre de 2018.
Aridelmo Teixeira abriu oficialmente o jantar de encerramento voltando um pouco ao passado e explicando que anos após sua fundação, o movimento empresarial viu a necessidade de reequilibrar seus papéis de indutor de ações e executor de ações. 
"Nascemos no início dos anos 2000, em meio a uma crise institucional, tendo como foco a articulação e o equilíbrio institucional. Mas os anos passaram, reconhecemos que nos tornamos mais executores e chegamos à conclusão recentemente que precisávamos reequilibrar a balança e dar mais ênfase à formulação de ideias que refletissem o pensamento da classe empresarial. E é nesse sentido que estamos trabalhando", explicou.
Desta necessidade, surgiram os novos desafios do movimento empresarial: qualificar a gestão dos projetos, ampliar a capacidade propositiva dos comitês, qualificar a relação da instituição com as nove associações que integram a Rede Empresarial, ampliar a participação do Instituto Líderes do Amanhã, qualificar a comunicação e aumentar a participação dos mantenedores nos comitês e projetos. 
E também foi a partir deste novo momento que surgiu a figura do diretor de Projetos, João Brito Martins, diretor-geral da EDP Distribuição Espírito Santo. Natural de Portugal e há um ano morando em Vitória, o economista agradeceu a oportunidade "de fazer parte de uma história de sucesso". A chegada de Brito faz parte do "pacote" de ações do Espírito Santo em Ação iniciadas este ano e que desembocarão em 2018, quando ele completará 15 anos.
Dos grandes projetos do movimento empresarial, Teixeira apresentou o aplicativo Rede Empresarial, que permite o acompanhamento das atividades de todos os comitês do ES em Ação e que, segundo o presidente, será disponibilizado às demais entidades e federações, falou sobre o projeto de Barragens, sobre as discussões realizadas ao longo do ano acerca das reformas, o Excelência Municipal e adiantou um dos novos desafios da diretoria - o lançamento do Excelência Estadual. 
Também abordando projetos cujas discussões passaram pelo Espírito Santo em Ação e que representam boas oportunidades para o Estado, o diretor de Desenvolvimento, Luiz Wagner Chieppe, citou as plataformas logísticas e o projeto da EF-118.
E o diretor-presidente listou também algumas prioridades para 2018, a atualização do programa Espírito Santo 2035 (atualização do ES 2030), e a meta de universalização do Programa Educação em Tempo Integral no Espírito Santo, com 300 escolas até 2030.
Quando falou sobre o projeto educacional, Aridelmo abriu espaço para o diretor e os alunos da Escola Viva Pastor Oliveira de Araújo. Nathan, que tem como projeto de vida viajar mundo afora, participou do projeto Jovens Embaixadores, ficou entre os melhores e vai viajar para Brasília. Lucas, que tem "vontade de ser defensor público para ajudar as pessoas", entrou no concurso Jovem Senador, promovido pelo Senado, ficou em segundo lugar e se disse honrado com o resultado. 
E ao falar da experiência da escola em tempo integral, o diretor Marcelo Lema deixou seu recado. "Esse programa proporciona ao aluno aquilo que buscamos como ideal educacional", resumiu.
A seguir, o diretor-presidente completou. "Em 2018, precisamos revisitar as áreas estratégicas como foco no ES 2035, qualificar nossa relação com as Eleições, desenvolver a plataforma logística e consolidar o projeto de educação em tempo integral para não correr o risco de ele afundar no momento da passagem do bastão da nova gestão do governo".
O jantar foi encerrado com um pronunciamento de Paulo Hartung, que embora tenha levado aos convidados um discurso otimista, que nascia na inovação das políticas públicas implantadas no governo e nas conquistas dos últimos meses, chegava ao que ele chamou de grande gargalo do País, as Eleições presidenciais. "Temos chance de viver em 2018 de maneira melhor do que nos últimos três anos, desde que tracemos a estratégia correta. Precisamos que vocês nos ajudem a olhar para frente e olhar para frente não é olhar para mim, mas para os novos líderes, líderes estes que precisam de valores e princípios", disse, finalizando em seguida.
"Apesar das relevantes conquistas do Espírito Santo e do reconhecimento que recebemos em cenário nacional, termino o ano preocupado com o Brasil, pois se a eleição fosse hoje o País cairia nas mãos de uma nova aventura. E o Brasil não tem gordura para queimar, ele está só pele e osso. Estamos precisamos, mais do que nunca, do exercício coletivo de liderança responsável". 

Comentário

  • Nome Completo:
    Email:
    Digite aqui seu Comentário:
    Enviar
Espírito Santo em Ação © Copyright 2009, Espírito Santo em Ação

Av. Fernando Ferrari, 1080, Ed. América Centro Empresarial - Torre Norte - Sala 501, Mata da Praia - Vitória - ES CEP: 29066-380 TEL: (27) 3024-7700

Fivecom