Espírito Santo em Ação

Oferta de vagas na educação de tempo integral é um dos motivos da troca de alunos da rede particular para a rede pública


01.12.2017

Matéria veiculada no Metro Jornal da última quarta, dia 29 de novembro, mostra que dobrou nos últimos dois anos a migração de estudantes da rede particular para a rede estadual segundo a Secretaria de Estado da Educação (Sedu).
A crise econômica do país e a educação de tempo integral no ensino público são os responsáveis pelos números. O Sindicato das Escolas Particulares do Estado (Sinepe) confirma a informação e diz que em 2017, o número de matrículas caiu 12%.
Escola de Tempo Integral
Por meio de uma iniciativa do Espírito Santo em Ação, a Escola de Tempo Integral foi implantada no Estado em 2015. A metodologia permite que o aluno seja protagonista da própria história com o objetivo de torná-lo autônomo, solidário e competente. São nove horas diárias para esse desenvolvimento no qual, além de estudar os conteúdos previstos na base nacional comum de currículo, o jovem pode ainda escolher outras disciplinas de interesse através das aulas eletivas. Para o ano de 2018, serão 32 Escolas Vivas com mais de 19 mil vagas em todo o Espírito Santo. 

Comentário

  • Nome Completo:
    Email:
    Digite aqui seu Comentário:
    Enviar
Espírito Santo em Ação © Copyright 2009, Espírito Santo em Ação

Av. Fernando Ferrari, 1080, Ed. América Centro Empresarial - Torre Norte - Sala 501, Mata da Praia - Vitória - ES CEP: 29066-380 TEL: (27) 3024-7700

Fivecom